Enviando...

2.2k visualizações

Segunda, 20 de fevereiro de 2017 às 16:15:24 horas por Gabriela Lopes

Gastronomia 100% glúten free em Curitiba

  • compartilhar

  • whatsapp Google+

Restaurante, bar e empório para celíacos - ou não!
Free Fish explora culinária 100% glúten free e prova sua delícia

A ideia de abrir em Curitiba um local que tivesse frutos do mar de qualidade, preço acessível e ambiente aconchegante saiu do papel com Alexandre Kuhn, Gisele Lazarini, Pablo Piatti e Gilberto de Lima. Por trás do Free Fish, os empresários inovaram ao perceber que além dos frutos do mar, poderiam atender o público celíaco*. Assim surge o empreendimento que está nas Mercês, um restaurante/bar e empório que conta com cardápio 100% glúten free. 

Segundo Kuhn, o Free Fish é lugar tanto para os amantes da boa culinária quanto uma opção segura para os celíacos. "Hoje o celíaco tem seu direito de ir e vir cerceado, porque em casos extremos, o intolerante não pode nem entrar em um estabelecimento que contenha glúten no cardápio", conta ele, que se descobriu com a doença há seis anos. 

Filé de peixe grelhado com purê defumado de mix de raízes, entre os pratos servidos no almoço (foto/divulgação)

A criadora e responsável pelo cardápio 100% glúten free é Kamila Germano, chef que já atuou com nomes importantes da gastronomia como Henrique Fogaça, Bassoleil e Manu Buffara. A cozinha é 100% livre da proteína! Kamila e toda sua equipe receberam treinamento para entender o universo glúten free e ainda explicar os pratos, oferecendo todas informações aos clientes.

Delícias e funcionamento
O Free Fish abre para o almoço - de segunda sábado - com pratos fixos e ainda uma opção diferente por dia. Acompanham os pratos, entrada de bolinho, com salada de folhas ou caldinho do dia. 

Entre as sugestões estão: risoto de limão siciliano com tempurá de espinafre, peixe ou carne grelhados (R$21,90); filé de peixe grelhado com purê defumado de mix de raízes (R$21,90) e massa sem glúten com molho do dia (R$19,90).

Aos sábados, tem feijoada de frutos do mar aos sábados (R$39,90), e posta de bacalhau confit com com batatas e mini legumes (R$59,90), entre outros. 

Risoto de limão siciliano com tempurá de espinafre e costelinha de porco
(foto/divulgação)

Além do almoço, a casa abre para happy hour com petiscos, porções, variados drinks, cervejas e vinhos. Vale contar que há também um rótulo de cerveja sem glúten. Ah, os doces não foram esquecidos e há sobremesas deliciosas no menu. 

O Empório Free Fish conta com ingredientes, temperos, condimentos, massas, azeites, produtos sem glúten e sem lactose e ainda frutos do mar ultracongelados – que garante o frescor dos alimentos, assegurando sua qualidade e textura. 

Free Fish abre de segunda a quarta, das 11h às 18:30h, quinta e sexta das 11h às 21:00 e aos sábados, das 11h às 18:30h.

*A doença celíaca é causada pela intolerância ao glúten: uma proteína encontrada no trigo, aveia, cevada, centeio e seus derivados.  

  • compartilhar

  • whatsapp Google+
Eventos relacionados
  • Balneário Camboriú Beer Festival

    Sexta, 03 de novembro de 2017 às 17:00:00 horas

    Barra Sul Food & Park - Rua 4000, 133, Barra Sul

    Balneário Camboriú Beer Festival03 e 04 de novembro no Barra Sul Food &...

» veja mais eventos
Notícias relacionadas » veja mais notícias
fotos e vídeos relacionados

Opinião dos usuários (0)

    Mais recentes
    • ROSANA SILVA:

      e o residente ivel....adoro já assistir todos os lançamento até o 6,so vi o 7 ainda.Rosana silva

    • ROSANA SILVA:

      quero saber quando terá os 50 tons de cinza..adoro esse filme.Rosana silva

    • ROSANA SILVA:

      é sempre maravilho,ver as novidades do cinema ai em criciuma,eu moro em ararnguaRosana silva

    • ROSANA SILVA:

      muito mmassa eu estarei la com certeza Rosana silva

    • Rafael Padilha:

      Estou vendendo 4 ingressos para o show da Katy Perry em Curitiba, dia 29/09/2015, para pista.
      Whats: 41 99098120

    • Mahara de Gouvêa:

      É sem dúvidas o melhor bar da cidade. A decoração é incrível, a comida é boa e todas as vezes que eu adorei as bandas. Vale muito a pena conhecer

    ...